Artigo

Barretos, 06/09/2017 às 09:09:57

Sermos melhores

Legenda: Precisamos aprender que a vida só tem sentido se a gente consegue marcar o próximo
Crédito: Geração Católica

Dias atrás, numa roda de conversas informais, meus amigos comentavam sobre a prestação de serviço de determinada empresa, que como se havia feito pagamento pelo produto a empresa tinha o dever de prestar um impecável serviço. É... Não deixa de se ter lá suas razões.


Mas aí fiquei refletindo e já pararão para notar o quanto cobramos das pessoas e prestadores de serviços? Praticamente não admitimos mais que errem conosco ou que frustrem nossas expectativas. E aí fica a pergunta: mas será que eu também estou sendo tão bom para as pessoas como cobro dos outros?


Esta pergunta é muito pertinente, pois, se eu quero apenas ter direitos, me torno uma pessoa medíocre, mesquinha. Vemos isso nos lares, nas empresas, em todo lugar. Pessoas mimadas, “casquinhas de ferida” que por qualquer motivo se doem. Mas nem sempre estas mesmas pessoas têm a noção de que precisamos também ser melhores para o outro.


Uma boa ideia para esta semana que se inicia é buscar sermos melhores para os outros. Melhor não significa ser bobo, mas sim, ser solidário, prestativo, paciente, amoroso, carinhoso, pronto a perdoar. Precisamos aprender que a vida só tem sentido se a gente consegue marcar o próximo, e como vou marcar se não servi-lo? Se aprendermos esta lição a nossa vida mudará radicalmente, a ponto de marido e mulher voltarem a namorar, a ponto de pais e filhos voltarem a brincar e conviver, a ponto de aprender a passar por cima de mágoas, ressentimentos e frustrações. Vamos aprender que a finalidade da vida não é ser melhores que os outros, mas sermos melhores para os outros. Seja bom para alguém esta semana, ok?!

Sobre Autor

Padre Thiago Freitas dos Reis

Padre Thiago Freitas dos Reis

Pároco da Paróquia Bom Jesus, Barretos; Assessor Pastoral Vocacional; Membro do Conselho Diocesano de Pastoral. E-mail: thiagofdreis@hotmail.com

Mais Artigos