Artigo

Barretos, 03/10/2017 às 10:49:40

Circular de Outubro de 2017

Legenda:
Crédito: Arautos do Evangelho

Barretos, 03 de outubro de 2017


Circular 09/2017


Estimados (as) diocesanos(as)


Neste ano, o mês consagrado às missões reveste-se de um significado ainda maior. Celebramos no coração dele os 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida por humildes pescadores que, a recolhendo das águas do Rio Paraíba do Sul, em suas redes viram repetir-se o milagre da pesca milagrosa tal qual encontramos nos evangelhos (cf. Lc 5, 1-11; Jo 21, 1-7).


Os prodígios que cercaram o encontro da imagem não se limitaram a isso. No decorrer dos anos, até os nossos dias, como encontramos na oração jubilar dos 300 anos de bênçãos: são “peixes em abundância, famílias recuperadas, saúde alcançada, corações reconciliados e vida cristã reassumida”.


Nesta mesma oração reconhecemos que “Como sinal vindo do céu, em vossa cor, vós nos dizeis que para o Pai não existem escravos, apenas filhos muito amados. Diante de vós, embaixadora de Deus rompe-se as correntes da escravidão! Assim, daquelas redes, passastes para o coração e a vida de milhões de outros filhos e filhas vossos”.


Num momento tão difícil para a nossa nação brasileira, a Mãe de Deus e nossa surge como modelo do verdadeiro agir que transforma corações e vidas. Maria é a mulher atenta que sempre se antecipa diante das necessidades dos outros. É aquela cujo olhar é capaz de ver além das aparências, e cuja ação vai muito além das palavras. É a mulher capaz de ouvir e compreender o mistério do outro, descobrir seus anseios e comungar com suas aflições. Não se deixa iludir por sonhos e fantasias, mas é sempre concreta naquilo que faz. Por isso, a sua presença sempre irradia alegria e ternura que são próprias de quem se aproxima permitindo às pessoas sentirem-se acolhidas e amadas como são. Toda sua vida é dom gratuito, pois ela não só dá algo de si, mas dá a si mesma, cujo silêncio revela a grandeza da sua alma e sua prontidão em reconhecer as maravilhas de Deus e as necessidades dos que com ela se encontram.


Desde abril, a imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida percorreu todas as nossas paróquias visitando nossas igrejas, lares, escolas, estabelecimentos comerciais, levando consolo aos doentes, as pessoas com deficiência, abençoando famílias e comunidades. Em muitas paróquias a celebração dos 300 anos de bênçãos será preparada pela novena e, o dia 12 será de grandes homenagens e bonitas manifestações de fé e devoção para com a Mãe do Senhor.


Neste ano, a comunidade da Vila Pereira, aqui em Barretos, celebra os 75 anos (Jubileu de Diamante) da construção da capela em honra de Nossa Senhora Aparecida, a primeira a ela dedicada na cidade. 


E, realiza-se em Barretos, reunindo milhares de fiéis de todas as paróquias da cidade o 31º Caminhando com Maria que se concentra na matriz do Sr. Bom Jesus e segue em direção à Cidade de Maria onde encerra-se com a santa Missa;  e em Olímpia na Paróquia São José, a 11ª Caminhada com Maria que se realiza entre a Capela Nossa Senhora de Fátima até a Capela Nossa Sra. Aparecida (zona rural).


Todos teremos ocasião de manifestar nosso amor e nossa devoção para com a Mãe de Deus; mas, que a nossa devoção não se limite aos aparatos exteriores, mas nos leve a imitar Maria, perfeito modelo do discípulo de Cristo, que acolhe o Filho de Deus no coração e o manifesta pela sua vida.


Entremos na escola de Maria para aprender com Ela o que escrevia alguns parágrafos acima a viver aquelas atitudes que Ela viveu: habitada por Deus, Ela não fechou-se em si mesma, mas, coloca-se às pressas a serviço dos que precisavam e contavam com a sua ajuda.


No domingo que se segue a celebração da festa de nossa Padroeira (15), ocorre em Roma a canonização dos primeiros mártires brasileiros, os Beatos André de Soveral, Ambrósio Francisco Ferro, Mateus Moreira e seus 27 companheiros que derramaram seu sangue no longínquo 1645, nos engenhos de Cunhaú e Uruaçu no Rio Grande do Norte.


Trata-se de um acontecimento importante para nós católicos; pois, o martírio destes nossos irmãos foi semente que fez frutificar gerações de cristãos e cristãs, em nossa terra, onde cada um a sua maneira permite que a chama do Evangelho não se apague, mas se alastre sempre mais, transformando vidas com o seu fulgor.


No próximo dia 28 de outubro, festa de São Simão e São Judas, comemoramos mais um aniversário do falecimento do Servo de Deus Padre André Bortolameotti. Neste ano, nesta ocasião, os Padres de Jesus Sacerdote publicarão um livreto com as informações mais importantes e exemplos de sua vida para despertar em nós o desejo de imitá-lo e buscar a sua intercessão.


A todos desejo que o mês de outubro, mês missionário, desperte em todos nós o compromisso de viver em estado permanente de missão, animados pelos exemplos da Senhora da Conceição Aparecida, dos Santos Mártires brasileiros e do nosso inesquecível Pe. André Bortolameotti cuja causa de beatificação caminha com passos rápidos.


A todos graça, paz e benção do Senhor!


Dom Milton Kenan Júnior

Bispo de Barretos



AGENDA EPISCOPAL - Outubro 2017


1 – Missa e Encontro com Famílias em Cajobi, a partir das 8h30

     Missa na Minibasílica, às 19h30


2 – Missa na Matriz de São Benedito, em Jaboticabal, às 19h30


3 – Atendimento na Cúria, às 9h30


4 – Atividade da Pastoral da Educação na Escola “Aymoré do Brasil” em Barretos, a partir das 9h


5 – Reunião da Região Barretos, na Casa Paroquial da Catedral, às 10h


6 – Atendimento na Cúria, às 9h30

     Missa e Crisma na Matriz de São Sebastião em Guaíra, às 19h30


7 – Missa no Santuário Nossa Senhora do Rosário, em Barretos, às 19h


8 – Missa na Catedral, com entronização da imagem N. Sra. Aparecida no presbitério, às 19h30


10 – Sessão Solene na Câmara Municipal de Olímpia em homenagem dos 300 anos do encontro da imagem de N. Senhora Aparecida


11 – Missa e Crisma na Matriz de São Sebastião em Guaíra, às 19h30


12 – Missa no 31º Caminhando com Maria, em Barretos, às 8h

       Missa na Capela Nossa Senhora Aparecida (Vila Pereira) pelos 75 anos da construção da referida Capela às 18h


13 – Atendimento na Cúria, às 9h30

      Ordenação Diaconal dos Seminaristas Flávio Aparecido Pereira e Diego Ricardo Mendes, na Matriz de São João Batista, em Olímpia, às 19h30


15 – Missa na Catedral Diocesana, às 9h30

       Missa no Encontro de Jovens na paróquia São João Batista, em Barretos, às 17h


16 – Missa na Capela Santa Edwiges, em Barretos, às 19h30


17 – Reunião da Região Colina, em Morro Agudo, às 10h


18 – Missa em ação de graças pelos 20 anos da Campanha da Mãe Rainha na Diocese, na Catedral Diocesana, às 19h30


20 a 22 – Assembleia das Igrejas, em Itaici


24 – Reunião da Região Olímpia, na Paróquia São José, às 10h


27 – Missa e Crisma na Matriz da Senhora Sant’Ana em Ipuã, às 19h


28 – Missa no Dia Nacional da Juventude, em Jaborandi, às 16h

       Missa e Crisma na Matriz de Nossa Senhora Aparecida, em Guaíra, às 19h30


29 – Missa e Crisma na Matriz de São José, em Severínia, às 8h30

       Missa e Crisma na Matriz de São Luís Gonzaga, em Barretos, às 18h


31 – Reunião da Região Guaíra, em Miguelópolis, às 10h

       Missa e Crisma na Quase Paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Barretos, às 19h30


Sobre Autor

Dom Milton Kenan Junior

Dom Milton Kenan Junior

É o sexto bispo da Diocese de Barretos

Mais Artigos