Artigo

Barretos, 06/10/2017 às 11:56:54

Quais os frutos de nossa vida?

Legenda:
Crédito: Imagem da Internet

Volta e meio escrevo aqui sobre sonhos e projetos, sobre aquilo que temos deixado crescer em nossa vida. Este assunto é muito oportuno.


Tem um ditado que diz: “A semeadura é opcional, mas a colheita, obrigatória”. Todos nós queremos frutos lindos, maravilhosos, e não raramente, queremos os mesmos sem nos esforçar ou mudarmos algo em nós. Eis o nosso erro. Como poderemos colher coisas boas em nossa vida se semeamos apenas sementes ruins? Como vou querer uma família feliz, unida, se eu muitas vezes sou responsável em semear o contrário?


Sabe minha gente, precisamos ser coerentes consigo mesmo. Estamos nos tornando pessoas que querem achar culpados para todas as desgraças da nossa vida, e quase nunca nos perguntamos qual a nossa parcela de culpa. Precisamos voltar a olhar com carinho como temos semeado. Se estamos sendo honestos, amorosos, éticos, se estamos perdoando e recomeçando. Um dia, os frutos virão, podem esperar, nesta ou na outra vida, mas virão. Mas, no entanto, quem semeia coisas boas, nunca tem pressa, ele sabe o que irá colher.


A lição para esta semana é olharmos a nossa vida, dois minutinhos que seja, e tentarmos ver quais frutos tem dado nela. Se são doces, felizes, ou se são amargos, e vermos o que podemos mudar em nós, para que a próxima colheita, seja mais agraciada. Uma boa e abençoada semana!

Sobre Autor

Padre Thiago Freitas dos Reis

Padre Thiago Freitas dos Reis

Pároco da Paróquia Bom Jesus, Barretos; Assessor Pastoral Vocacional; Membro do Conselho Diocesano de Pastoral. E-mail: thiagofdreis@hotmail.com

Mais Artigos