Artigos


Esperar contra toda esperança


Terça-feira, 24 de abril de 2018


Imagem | Esperar contra toda esperança

Rm 4, 18
 
A fé a esperança são dois predicados essenciais dos quais jamais poderíamos abrir mão. Esperar e crer mesmo contra toda possibilidade de realização é o que nos mantém perseverantes rumo aos nossos sonhos; aquele que perde a esperança deixa de sonhar e quem não sonha é como se morresse aos poucos.
 
De fato, sonhar pressupõe a fé e, a fé, por sua vez, alimenta nossos sonhos. Portanto, é impossível separar sonhos, fé e esperança, uma vez que juntos completam e dão sabor e cor à nossa vida. É tão bom poder planejar o futuro, construir ideais, traçar metas, tudo isso revigora nossas energias, nos faz ter um causa pela qual lutar e trabalhar; torna-nos atuantes na vida e não meros expectadores. Quantos de nós temos histórias que são verdadeiros testemunhos da importância de se acreditar mesmo quando tudo caminha para o lado oposto?
 
Sonhar e crer nos coloca em constante movimento, alimentados pela esperança, que nada mais é que experimentar uma fagulha daquilo que desejamos, um modo de já possuir o que se quer. Por isso que quem sonha, espera e acredita, é sempre positivo, entusiasmado, possui uma serenidade no olhar e uma alegria nos lábios, próprios de quem não permanece fundado apenas nas suas seguranças e capacidades, mas confia antes de tudo em Deus, autor e princípio da verdadeira esperança. Aqui está todo diferencial, a pessoa de fé, que caminha com Deus, que alimenta uma espiritualidade autêntica, torna-se artífice da esperança.
 
Não se pode afirmar que crê em Deus aquele que não cultiva a esperança; a fé pressupõe, exige essa espera fecunda que não deve ser compreendida como uma transferência cega e irresponsável dos rumos de nossa vida a um desconhecido ou incerto, não é isso; é antes de tudo, confiar nossa vida ao próprio autor da vida, cujo amor nos criou e nos sustenta; é ter a sensibilidade para ler os sinais de seu infinito amor, mesmo nos avessos de nossa história, é perceber que para além de nós mesmos, existe um ser superior que tudo sabe e tudo vê e que tem os mais lindos sonhos para nós; aquele que compreende isso e mergulha profundamente nessa realidade, consegue perceber a razão de toda esperança, Deus.
 
Cultivemos a esperança que ainda existe no mais profundo de nós, demos toda a necessária credibilidade a ela e vejamos o quanto seremos mais felizes e realizados na vida.
 

Comentários



Sobre o Autor


Diácono Fernando Felix Rabelo

O Diácono Fernando foi ordenado no dia 06 de abril de 2017 e é cooperador nas paróquias São João Batista e Nossa Senhora Aparecida de Olímpia. E-mail: fernandofelix_@hotmail.com

Artigos do Autor