Artigos


Maturidade Espiritual


Terça-feira, 19 de março de 2019


Imagem | Maturidade Espiritual

O maior sinal de amor está na capacidade de deixar a pessoa amada ser ela mesma. Este esforço e atitude nos eleva à “Maturidade Espiritual”, que é definida pelo ato de sermos capazes de distinguir entre “precisar” e “querer” e ainda termos a compreensão de que a felicidade não é encontrada em bens materiais, mas nas boas relações com as pessoas que se encontram ao nosso lado.
 
Sabemos que quanto mais nos apegamos a posses materiais e até mesmo posses de pessoas, maior poderá ser nossos sofrimentos e dores, pois não temos e não possuímos o domínio sobre nada e ninguém. De fato, olhando para a atual realidade, em um mundo chamado de “mundo das oportunidades”, das mudanças e rápidas adaptações, a atitude de possessividade nos leva a sermos pessoas inseguras e de baixo autoestima, pessoas com medo de perder o que conquistaram, tornando-se cegas e incapazes de enxergar a realidade e saber que elas são capazes de ir além.
 
Ao contemplarmos e vivermos a proposta deste tempo da quaresma, perceberemos que este tempo não quer outra coisa senão a de que nos transformemos em pessoas livres, leves, sadias espiritualmente e maduras o suficiente para viver o amor e a reconciliação aceitando a realidade e o jeito de cada ser humano.
 
Através do convite que a Igreja nos propõe neste tempo da quaresma pelas práticas do jejum, da caridade, da oração, da penitência, se bem vividas perceberemos que temos a oportunidade de sairmos de nossas manias e olharmos além, e assim, saindo da escravidão da morte encontraremos a vida, e através de novas direções buscaremos novas águas, rumo à maturidade espiritual e o equilíbrio sobre nós e nossos irmãos. Sejamos misericordiosos como nosso Pai e vivamos a conversão que nos é proposto neste tempo favorável da quaresma. Busquemos a maturidade espiritual!
 
Imagem: Leandro Porto Blog

Comentários



Sobre o Autor


Seminarista Daniel Canevarollo

Daniel cursa o 1º ano de Teologia em São José do Rio Preto. E-mail: danielcanevarollo@gmail.com

Artigos do Autor