Artigos


Férias de Deus


Sexta-feira, 12 de julho de 2019


Imagem | Férias de Deus

Estamos no mês de julho, mês de férias, mês em que temos a oportunidade de descansar um pouco. Quer dizer, ao menos os estudantes e algumas classes de trabalhadores. E ai, cabe a reflexão: e de Deus, pode tirar férias? Penso que todos nós temos a resposta na ponta da língua: "Não!". No entanto, não é isso que fazemos na prática, pois, às vezes, sem perceber “tiramos férias” de Deus, e deixamos que nossa intimidade com Ele vá se esfriando até o ponto de quase nem existir.
 
Temos que nos perguntar: quanto tempo não me confesso? Quanto tempo não pratico obras de misericórdia? Quanto tempo não me dedico à vida de oração? Talvez ficaremos assustados com o tempo que temos ficado de “férias de Deus". Por isso, fica sempre o convite amoroso da parte de Deus em retornarmos aos seus braços, sem medo de Lhe confiar nossa vida. Tirar “férias de Deus" equivale a perder, aos poucos, a nossa motivação para viver.
 
Estamos um tanto quanto estafados da lida, isso é verdade, mas o único que pode restaurar nossas forças é Cristo Jesus, somente Ele pode aliviar o fardo pesado dos nossos ombros (Mt 11, 29-30 ). Criamos ilusões achando que dinheiro, status social, e relacionamentos passageiros preenchem nossa vida. Que engano! Vemos tantas pessoas que “por fora, bela viola, por dentro, pão bolorento”, vazias, tristes, sem sentido de viver.
 
É diante destes desafios que somos chamados a olhar para dentro de nós e buscarmos retornar aos braços de Deus. Devemos descansar o corpo, a mente, mas jamais a nossa fé, jamais passarmos um dia sequer sem voltarmos inteiramente para Deus.
 
Se aprendêssemos esta lição, a vida ganharia novo sabor e saberíamos ver o descanso como um dom, e não como uma ocasião de esvaziamento de nossas vidas. Deus te abençoe!
 
 
Imagem: Labore Saúde Ocupacional
 

Comentários



Sobre o Autor


Padre Thiago Freitas dos Reis

Pe. Thiago é pároco da Paróquia Bom Jesus em Barretos. E-mail: thiagofdreis@hotmail.com 

Artigos do Autor