Artigos


Os cristãos tinham tudo em comum (At 2, 44)


Quarta-feira, 11 de abril de 2018


Imagem | Os cristãos tinham tudo em comum (At 2, 44)

Nesse período pascal, a Liturgia da Palavra nos destaca a partilha como o sinal que acompanha todos os Cristãos. No evangelho de hoje não é diferente. Jesus, a beira do lago de Tiberíades, sacia a multidão quando tinha ao seu alcance cinco pães e dois peixes, nisso então, as pessoas querem torná-lo rei, pois encontraram nele um grande sinal e poder, pensando ser Ele um profeta.
 
Mas Jesus se retira do meio deles, pois não haviam entendido o sentido e proposta do milagre. Ao partilhar os pães e peixes, o Senhor busca fazer-nos entender que quem é cristão deve agir de uma maneira diferente, não deve partilhar somente alimentos, mas também partilhar do outro a dor e os sofrimentos para que possamos ajudar os que sofrem e que verdadeiramente precisam de nossa ajuda.
 
Quantas são as situações em que com nossos bens materiais e os que temos dentro do nosso coração (amor, amizade, companheirismo, entre outros) podemos ajudar as pessoas? Com isso podemos, com o pouco que temos, fazer também grandes sinais na sociedade de hoje.
 
Que Deus, mais uma vez, nos ajude a abrirmos o nosso coração e deixarmos a luz do Cristo Ressuscitado entrar e transformar as nossas vidas!
 

Comentários



Sobre o Autor


Seminarista Pedro Lopes

Pedro cursa o 3º ano de Teologia em São José do Rio Preto. E-mail: pedrohenriquelopess@hotmail.com

Artigos do Autor