Notícias


Indicações para a pastoral urbana concluem a 41ª Assembleia das Igrejas Particulares


Segunda-feira, 28 de outubro de 2019


Foto | Indicações para a pastoral urbana concluem a 41ª Assembleia das Igrejas Particulares

Dom Milton, Pe. Thiago, irmã Marta e Raphael
 
De sexta a domingo, Dom Milton Kenan Júnior, o padre Thiago Reis - coordenador diocesano de pastoral, a irmã Marta Melo - assessora eclesiástica da Comissão Diocesana Igreja: comunidade de comunidades, e o leigo Raphael Leite - membro da comissão do Projeto "Setorizar para Evangelizar", participaram em Aparecida-SP, da 41ª Assembleia das Igrejas Particulares do Regional Sul 1 da CNBB, que compreende o Estado de São Paulo.
 
O evento contou com momentos de apresentação e reflexão das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora (DGAE) para o quadriênio de 2019 e 2023, indicações para a evangelização no contexto urbano e relatos dos projetos missionários motivados pelo Regional.
 
Segundo o padre Thiago, a Assembleia fez uma grande motivação aos representantes diocesanos quanto às DGAE. "Foi falado para realmente assumirmos a proposta da Comunidade de Comunidades e da Pastoral Urbana, de não termos medo dos novos desafios da nova evangelização, já que a realidade atual é outra. Não existe mais a realidade rural. Em qualquer lugar existem características urbanas. Então, questões de individualismo, solidão, consumismo, relativismo, tudo isso são desafios para a evangelização. Porém, a Igreja não deve temer, pois é um campo em que a Igreja pode colher muitos frutos com a missão à vida comunitária", explicou.
 
 
O primeiro dia da Assembleia teve a assessoria do bispo auxiliar de Porto Alegre (RS), Dom Leomar Antônio Brustolin, que, após a apresentação das DGAE, ressaltou o papel das comunidades eclesiais missionárias na cultura urbana. No segundo dia os participantes refletiram indicações para a evangelização no contexto da cultura urbana e a vivência da espiritualidades em grandes centros. O último dia foi dedicado às indicações para a evangelização urbana.
 
Cerca de 230 pessoas, dentre bispos, padres, religiosas e religiosos, leigas e leigos participaram da Assembleia.
 

Comentários