Artigos


Os Sete Pecados Capital: A Soberba


Terça-feira, 12 de março de 2019


Imagem | Os Sete Pecados Capital: A Soberba

Hoje, terminarmos nossa reflexão sobre os pecados capitais nos restando apenas a soberba. Tido por São Tomás de Aquino como um pecado grandioso, a soberba é associada a um orgulho excessivo, arrogância enorme e vaidade.
 
Bom, apenas por suas associações, já percebemos o quanto é nocivo um coração soberbo que se fecha para o outro e se torna incapaz de amar verdadeiramente, de forma desinteressada.
 
Como uma pessoa pode ser feliz se, por onde passa, não consegue cativar nada pra si, apenas afasta as pessoas, afinal, ninguém gosta de ficar perto de uma pessoa soberba, que faz sempre questão de dizer que é a dona da verdade, a única pessoa que sabe fazer, é a mais importante. O mais triste disso tudo é que a coisa mais normal hoje em dia são pessoas soberbas, pois vivemos uma cultura em que é mais importante o ego que as relações.
 
O remédio para a soberba é a humildade. Ser humilde não significa ser bobo, mas sim, saber que nesta vida ninguém é mais importante que ninguém, que nenhum bem material deve estar acima de uma pessoa, que relacionamentos devem ser construtivos e não destrutivos.
 
Ser humilde é reconhecer que há sim pessoas que fazem determinados serviços melhores que os nossos, mas o mais importante é reconhecer que precisamos de Deus em nossa vida.
 
O maior vazio de um soberbo é o espaço que ele não deixa Deus ocupar. Que possamos, dentro deste tempo quaresmal, mudar nossas atitudes, deixarmos a soberba de lado e cultivarmos a humildade. Iremos colher lindos frutos em nossa vida. Deus te abençoe!
 
 
Imagem: Famílias em Cristo
 

Comentários



Sobre o Autor


Padre Thiago Freitas dos Reis

Pe. Thiago é pároco da Paróquia Bom Jesus em Barretos. E-mail: thiagofdreis@hotmail.com 

Artigos do Autor